sábado, 8 de setembro de 2007

Outra vida


OUTRA VIDA
Quero ser noutra vida mensageiro de emoções
De elefantes, baleias, cais e canções
Na preguiça do panda, na destreza do lince
Vou abrir a Pandora onde Deus não existe
Entre tudo e nada, saber quem sou

Quero ser noutra vida mensageiro de emoções
De golfinhos e águias, do silêncio das águas
Regressado aos sentidos e à razão dos bichos
Dos espaços perdidos, na asa de condor
No fundo do mar, saber quem sou

Quero ser noutra vida mensageiro de emoções
Porta-voz de ondas, tradutor de ilusões
Ser menos ainda que um pequeno carreiro
Descobrir o mistério do Universo inteiro
Emprestar a vida, descobrir quem sou

: letra e música de João Afonso

O maior dos desafios humanos: descobrir quem somos. É um trabalho contínuo, que exige método e persistência. Nem sempre ficamos a saber muito, porque, de facto, somos um grande enigma. Talvez indecifrável.

12 comentários:

Jasmim disse...

Olá
Concordo contigo, somos um verdadeiro inigma. Mas, tal como tu, procuro conhecer-me melhor, descobrir quem sou, o que faço aqui, o que devo aprender...
enfim um percurso deveras sinuoso.
bjocas e bom domingo.

belakbrilha disse...

É verdade, somos um inigma mesmo.
Todos os dias nos vamos redescobrindo.
Ainda bem que assim é, pois senão ficamos amorfos!

até breve

Alexandre disse...

O João Afonso é fantástico e faz coisas lindas, pena que não faça parte do lobby dos animadores de rádio e que só raramente seja ouvido - ou nuca, acho que nunca o ouvi na rádio!

Fizeste bem em o trazer aqui!!!

Muitos beijinhos!!!

Sol da meia noite disse...

Descobrir o enigma que somos...
Algo que nos desafia e nos causa um misto de sensações... Algo que torna a vida apaixonante...
E nunca descobrimos tudo!

Beijinhos!

Marco Ferreira disse...

Descobrir quem somos parece a busca do santo graal, uma demanda que nunca terá o seu fim.

marinheiroaguadoce a navegar

Hands of Time disse...

Eu ainda à procura ... acho que essa procura é constante!

Gi disse...

E é esse mesmo mistério que torna a vida interessante não te parece?


Uma beijoca

Pepe Luigi disse...

É verdade, somos mesmo um eterno mistério que dia a dia se subtrai um enigma e se acrescenta novo mistério.

Beijinhos

João Cordeiro disse...

Claro que tens razão. Não é só ficção :-)



Beijinho sonhador

margusta disse...

Irneh,
..venho deixar-te um beijinho!
E as pinturas amiga?...Fizes-te uma pausa?...

Música e poema muito bonitos!

Dark disse...

Somos, realmente, um verdadeiro enigma. Além disso, (eu penso que) somos seres extremamente mutáveis, inconstantes. Factor que faz com que o enigma se torne ainda maior. "Talvez indecifrável."

*

JRL disse...

Olá Irneh,
Boa escolha. Texto muito bonito. Também acho que somos um enigma, mas que vale a pena tentar descobrir :). Um beijo