quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Vida

Quando a vida nos sorri
Numa paleta de cores
Perdemos o nosso tempo
Com projectos, com rancores,
Com poupanças, com receios,
Com ódios ou desamores.
Se a vida perde o sorriso,
Se guarda todas as cores,
Queremos voltar atrás,
Projectamos a mudança,
Rejeitamos coisas más,
Fazemos promessas vãs...
Mas nem sempre o tempo cede
Nem o destino se altera.
Ficam projectos caídos,
Ficam turvas as manhãs,
Fica na paleta o preto
Com pinceladas fugazes.
Resta a monotonia,
Resta o viver ao sabor
Do tempo, do destino,
Da ausência do amor!
A vida não pode ser
Um projecto a longo prazo
A vida é para viver
Não amanhã, mas agora.
A vida é para gastar
Antes que ela vá embora.

36 comentários:

Sei que existes disse...

Gostei do poema, da sua rima, e claro está, do quadro!!
Beijinhos

Sol da meia noite disse...

O sorriso de ontem, pode ser a lágrima de amanhã...

Melhor viver o agora, antes que passe...

Essa tela, lembra um pouco o meu Sol...


Beijinho!!!

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Mais uma vez aqui passo para apenas te desejar um lindo e doce fim de semana e uma semana cheia de paz e muito amor em teu coração.
Bjokas mil e xi – corações.

Gi disse...

Gostei das tuas pinceladas, as das cores e das letras.
Também eu estou voltada se bem que ainda não a 100%. Obrigada pela tua companhia. Um beijo

hfm disse...

A vida é para ser apanhada no momento. Belo!

Odele Souza disse...

Vim te ler e te deixar um abraço.

JRL disse...

Oh Irneh, nem mais! Gostei muito do poema. Um beijo

Alexandre disse...

Haja alguém que musique o teu poema porque ele está fantástico!!!

E a tela, parece ser a 3 dimensões, como consegues esses efeitos?

Muitos beijinhos!!!

José Manuel Dias disse...

...existem coisas que são únicas...

Thunder disse...

...E assim é a vida!
Adorei o poema.
O quadro também não lhe fica atrás.
bjs.

Visita:

http://thunder-sopadepedra.blogspot.com/

Kalinka disse...

Aqui encontrei uma bela poesia, e...um lindo quadro.Parabéns.

Pelos meus lados, irei começar uma foto-reportagem das minhas férias no Canadá. Cheguei dia 1 de Agosto...ainda estou cansada, em fase de recuperação...logo que possa darei início às revelações.

No Verão de 1907 acampou em Brownsea um grupo de rapazes e viveram uma inesquecível aventura.
AH...já descobriu agora, porque existe em mim, este ESPÍRITO AVENTUREIRO...???

Beijokas.

Nilson Barcelli disse...

A vida é uma coisa tramada.
Mas é a melhor coisas que temos.
Gostei.
Bfs, beijinhos.

Papoila disse...

Quando a vida nos sorri
é o sinal de que precisamos
para lhe sorrir também.

Beijos com sorriso
BF

Blueshell disse...

Pintamos na tela os nossos sonhos...mas nada é real...tudo passa...e dói!

Um terno beijo em azul
BShell
00o0o0o00oo0o0o0oo

Rubina disse...

É verdade Irneh. Muito bonito, muito real. Beijinhos

Girassol disse...

A vida é tão rara, não podemos desperdiçá-la com coisas pequenas.
Beijo.

CMondim disse...

adorei a musicalidade, o ímpeto a força do poema. senti-me vento, senti a vontade de Viver!

Teresa David disse...

Curiosamente também senti como o Alexandre no poema uma toada musical que o torna uma bela letra de canção e tb gostei bastante do quadro.
Obrigada pela visita.
Bjs
TD

David (DeltaFox) disse...

A minha paleta anda muito descolorida... mas pelo menos vejo a cor dos teus quadros :)

Bjinho

melga meiguinha disse...

Gostei do poema e dos seus últimos quadros também.

Tenho andado fugida devido a problemas de saúde mas não esqueço os meus amiguinhos virtuais.

Beijocas.

Mocho Falante disse...

Linnndo...adorei a metáfora final

A vida é para gastar antes que vá embora...é isso mesmo

beijocas

Kalinka disse...

Amiga
Que é feito de TI...???
Uma ausência...apenas.

A minha alma está vazia,
o meu coração muito triste,
deixo-te uma poesia
da querida Sophia.

A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.
A hora da partida soa quando
as árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.
Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.

Beijitos.

Dark disse...

Palavras excelentes!

*

margusta disse...

Querida Irneh,
...interrompi a minha pausa para vir matar saudades...foram mais fortes que eu :)

Vejo que continuas com pinturas fantásticas...mais uma tela LINDA...e um poema que não lhe fica atrás!...

Deixo-te um beijinho carinhoso e até outro momento!

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Me desculpa, apesar de me encontrar um pouco melhor, ainda não estou com muitas forças, mas não podia deixar de aqui passar para te desejar um lindo e doce fim de semana e uma semana cheia de amor e muita paz teu coração.
Bjokas mil e xi – corações.

Sol da meia noite disse...

Olá!!!
Também eu adoro a música do poema que postei... Um grito de alma para alguém que me é especial, entendes?

Olha, o meu Sol não irá matar ninguém, muito menos no Alentejo. Já convivi, em tempos, com gente Alentejana, de quem guardo ternas recordações... Foi quando vivi na zona do Barreiro, de onde a minha filhota mais velha é natural.

Deixo-te um raio de Sol, daqueles que só aquecem a alma...

Gioconda disse...

Ola Irneh.... já tinha visto um ou dois comentários teus no meu blog de escolhas... mas como tenho pouco tempo para andar na net e mantenho três blogs "no ar" ainda não tinha vindo aqui... hoje vim e adorei.... fiquei estupefacta, deixaste-me maravilhada, curiosa, expectante... és tu a autora dos quadros já percebi e também das poesias... maravilhosos uma coisa e outra, também já vi que és uma "rapariga" que anda para a minha idade... vou já adicionar-te aos meus links que visito com a assiduidade que a vida me permite e gostaria de saber mais de ti.... o meu outro blog é de gastronomia e chama-se http://receitasdagio.blogspot.com se quiseres visitá-lo... o outro é um blog generalista que fala de mim e da minha vida... mas se por acaso quiseres visita-lo também diz que eu envio-te um convite... Um abraço... acho que vais ser uma mais alia nesta minha vida de "blogueira"...

Lia disse...

Gosto da paleta com que pintas a vida e das palavras que lhe dão vida...

Um beijo

ane70 disse...

ola irneh
muito obrigado por ter respondido meu email
já fiz contato com a gi
linda esta poesia
bjs e bom fim de semana

antónio paiva disse...

.........

o néctar da criatividade, entre telas e palavras

(se te apetecer visita-me em htt://onectardaspalavras.blogspot.com/

....................

Beijinho e noite serena

turbolenta disse...

Devemos viver a vida como se cada dia fosse o último. Desfrutar dela em toda a sua plenitude. Viver e aproveitar as coisas boas que nos são oferecidas. Ter menos receios. Ser mais "aventureiras".Em suma: sermos mais felizes.
boa semana

vida de vidro disse...

O poema tem um bom ritmo e uma mensagem perfeita. A vida é para viver bem...
Também gosto muito das tuas telas. Cores espantosas! **

sinha disse...

"a vida e para gastar antes que ela se va embora"

esta frase e uma verdade impressionante... a qual nem sempre damos o devido valor... a tempo (acontece muitas vezes e a muitas pessoas)

ps. mesmo agora estavamos em sintonia:)) um prazer de visita :)
um beijinho muito, muito grande

Teddy:) disse...

Venho deixar uma mensagem de paz e muita luz !
sei que algures neste universo imenso, existe uma estrelinha que brilha só para si e nunca se apagará.Acredite que não está só.Acredite que o amor ultrapassa todas as barreiras,mesmo aquelas que não conseguimos ver fisicamente.
Um beijo enorme e...FORÇA !!

Teddy:) disse...

p.s. Sou a Ruth , a sua ex-vizinha.

Jasmim disse...

Muito, muito bonito
parabéns
bjs
e como vai o alentejo?