terça-feira, 14 de agosto de 2007

Labirinto

Percorro freneticamente
Os caminhos insondáveis do ser.
Por mais que tente
Não sei para que é viver.
Estou prisioneira
Deste enorme labirinto
Avanço, recuo
Já não sei o que sinto...

A vida é cruel, é jogo de azar
Tanto pode sorrir, como pode acabar.
Quer queiras quer não, nunca vais saber
Se entras no jogo a ganhar ou a perder.

26 comentários:

Sol da meia noite disse...

E alguém sabe para que é viver???

A vida tem, sem dúvida, um lado cruel. Mas tem também o lado do imprevisto, da surpresa... talvez para nos cativar a entrar no desafio...
Há dias de tudo...


Muitos beijinhos!!!

Rubina disse...

Ganha-se às vezes, perde-se outras vezes. É mesmo assim. Mas aprende-se sempre!!

David (DeltaFox) disse...

è mesmo, nunca se sabe...
acho que há labirintos sem saida :P

bjinho

Thita disse...

Em virtude do meu Avô não se encontrar emocionalmente em condições, venho deste modo agradecer a solidariedade demonstrada em nome dele.

Um beijnho.

sinha disse...

"ja nao sei o que sinto"

por vezes é insuportavel este estado de coisa nenhuma... nada definido, tudo suspenso.

sera que o jogo quando ja vai a meio ainda pode mudar?

um beijinho
com muita amizade

Mocho Falante disse...

hoje a blogoesfera está a ficar carregada de incertezas...claro que viver sabe bem com as suas coisas boas e menos boas claro

beijcoas

Alexandre disse...

A vida é autenticamente um labirinto! Entramos nele e não mais saimos! Às vezes temos sorte e vamos dar a algum local mais agradável mas a maioria das vezes o jogo está viciado e os dados tombam sempre para o mesmo lado! Cruel jogo da vida!!!

Muitos beijinhos!!! Gostei muito do teu poema!!! Um dia destes vou às Galveias!

JRL disse...

Deixa-te ir Irneh e segue o teu coração... Beijinho grande

Odele Souza disse...

Acho que a visão da vida depende da realidade de cada um. Para mim a vida é luta, desafio, surpresa, dor, mas também amor, solidariedade, amizade....De tudo um pouco e há que sabermos levar.
Te deixo um beijo.

Papoila disse...

Avança,
No jogo da vida não há lugar para recuos ...
Avançar com coragem e determinação.

Beijinhos
BF

sofialisboa disse...

e a vida corre assim...sofialisboa

Rafeiro Perfumado disse...

Não aprendem com o Teseu, que foi desenrolando um fio, assim não te perdias...

sonhadora disse...

A vida é cruel mas façamos felizes os que nos rodeiam.
Bom fim de semana.
Beijinhos embrulhados em abraços

Girassol disse...

Entre ganhar ou perder, o que importa é nunca deixar de tentar...

Beijo.

Mário Franco disse...

Só se percebe se entramos a ganhar ou a perder quando nos apercebemos do que nos rodeia..
A ganhar se somos ricos
A perder se somos pobres
A GANHAR se não queremos ser ricos
A PERDER se não ambicinamos ser mais que pobres...
Mas o que conta é a riquesa de espirito e de saber aprender com tudo o que nos ensinam,o que captamos, o que crescemos...podemos não ser pessoas RICAS...MAS SEREMOS UMAS RICAS PESSOAS!!!!!!!!!!

belakbrilha disse...

Já escrevi um pouco sobre isso.
A vida é um labirinto onde muitas vezes a saída não existe...
Nascemos, entramos no labirinto e tentamo-nos equilibrar...

bjs

Carlos Ramos disse...

A vida é mesmo assim preciosa de dor mas mesmo assim preciosa...

ContorNUS disse...

Os percursos traçados ao acaso...tem destas suspresas,

Agradeço as palavras de apreço no meu blog... que estará sempre de portas abertas à partilha ;)

O Profeta disse...

Hoje tinha decidido pintar-te
Com matizes de profunda ternura
Perdi na memória a cor do teu sentir
A tua voz de água cristalina e pura

Hoje a lembrança é lança de fogo frio
É punhal afiado em tua mão
A incerteza tolda a razão ao amor
Perdido bem no fundo do coração


Boa semana
beijinho

Visão Caleidoscópica disse...

As incertezas também fazem parte da nossa vida, mas não devem tomar conta dela.
Força!
Reage!
Vive!
Um beijinho de alento em ti.
Até mais....

Sophiamar disse...

Desejo-te um bom dia e uma boa semana.
Beijinhos

Kalinka disse...

VIVER...
VALE SEMPRE A PENA.

Começa aí a história: Fui e, por mais que tente encontrar palavras para vos descrever os meus sentimentos, as minhas emoções, não existem mesmo; nem alguma fotografia conseguiria captar, porque o que vivenciei está guardado cá fundo do meu ser e, registado na minha memória visual.
E, para surpresa de todos, não fui munida da minha máquina fotográfica, como é usual...

Beijos enrolados em fitinhas azuis.

O Chaparro disse...

passei p desejar bom resto de semana

ap disse...

.........

então que se viva enquanto houver

.......................

Beijinho

A Desafinada :) disse...

Nos labirintos por vezes encontramo-nos!

Boa Semana

João Cordeiro disse...

Obrigado pelos belos comentários.


Beijinho sonhador