segunda-feira, 24 de março de 2008

Flores



Neste mundo de rancores
De lutas e tempestades,
Neste mundo sem amores
Onde imperam as vaidades,
Restam ainda estas cores
Naturais e esplendorosas
E também os bons odores
Que irradiam docemente
Dum simples campo de flores.

6 comentários: